Falando de amores

Procurei em outros braços o teu afeto
Tentei refazer os cacos do meu peito
Outros odores e outros leitos
Mas sem nenhum respeito.

Reprovei em um aspecto
Vários lábios sem efeitos
Passos no caminho estreito
Sem ti há vida sem proveito.

Os gritos eu aquieto
E as pazes me tornam perfeito
Nesse ar que me vem rarefeito
Brota a certeza de que és meu eleito.

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s