Palavras que voam

Anúncios

A simplicidade dos atos

Derrota a morte dos fracos

Desordem dos desesperados

Amolecem os corações mais fatigados

 

Se passa nos tempos

Se perdem nos ventos

As ondas abafam os calos

Se escondem nos laços

 

O que veem teus olhos

Lagrimas nos espaços

Esconda teus medos

Abrace os serenos

 

Latidos ecoam

Palavras que voam

Passos que seguem

Então os erros se vão

 

A simplicidade nos tempos

Se perdem nos espaços

Esconda teus atos

Então os erros abraçam os laços.

 

Se passa dos fracos

O que veem serenos

Desordem nos calos

Latidos nos ventos.

 

Derrota nos olhos

Amolecem os desesperados

Se perdem fatigados

Passos de medos.

Autor: Aguida Leal

Olá, meu nome é Águida Leal, tenho 27 anos e criei esse blog para compartilhar minha visão romântica da vida. Minhas paixões me guiam a momentos únicos e percebi que as pessoas gostam de ler sobre a vida.

Deixe uma resposta