Samba

Eu quis nos teus versos tocar

Nos teus braços ficar

E nos teus dias estar.

 

Eu quis nosso amor viver

Nossa vida renascer

Juntos, eu e você.

 

Eu quis libertar o coração

Desprender da solidão

Guiar os passos com sua mão.

 

Eu sei que na vida não há

Emoções a controlar

Nem vontades a negar.

 

Eu fiz dos nossos dias ruins

Abusei dos cetins

Desfiz o teu sim.

 

Agora preciso voltar

Amor igual ao nosso não há

Mas preciso suportar.

 

Um dia quem sabe eu volte

Só não se revolte

Serei novamente seu.

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s