Tem gente… que desiste

Tem gente procurando ajuste
Para ajustar quem não se ajusta
E se pesar no desajuste
Desistem de tentar.
Tem gente procurando notas
Para notar versos imundos
E se não versarem com notas
Desistem de notar.
Tem gente que busca
Para nada encontrar
E se realmente não acharem
Desistem de procurar.
Tem gente que machuca os outros
Para não saber amar
E se não aprenderem
Desistem de curar.
Tem gente que fala mal
Para fingir ser melhor
E se não superarem
Desistem de viver.
Tem gente que inspira
Para transcrever
E se os versos não forem bons
Desistem de entender.
Tem gente que desiste de tudo
Para não provarem ser capazes
E se realmente não forem
Desistem de amar.
Tem gente que fala
Para não falar nada
E se ninguém entender
Desistem de falar.
Tem gente que escreve
Para recompensar algo
E se não recompensar
Desistem de…

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s