Tanto tempo

Nós quisemos por tanto tempo
sermos mais do que dois corpos.
Separados por tormentos
que há tempos vem crescendo.

E o tanto que sentiu,
hoje em dia se ignora,
e tem momentos tão difíceis
em que um de nós só chora.

E as juras que foram feitas
hoje não passam de memórias
que escondem o feliz
e nos trazem a saudade
de um momento triste
que sempre traz a verdade.

Onde estamos nós?
Não se esconda de mim!
Sabemos o que sentimos
então não diga ser o fim.

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s