Carta [não] de amor

Oi.
Há tempos gostaria de lhe escrever, mas não encontrava as melhores palavras.
Queria lhe contar sobre meu amor, mas meu amor é tão pequeno!
Esperei o momento certo para tocar-te o rosto, mas isso não aconteceu.
Sei que jurei cortar minhas unhas porque te arranhavam, mas tenho sina por este lado feminino.
Prometi que meus lábios seriam seus, mas me negastes sem a primeira prova.
Disse a mim que lhe entregaria meu coração como troféu, mas você nem tentou ganhar por mérito.
Ah! Queria iniciar essa carta lhe chamando de amor, mas fiquei sem jeito.
Pode parecer romântica de mais, mas essa carta é de todo um agradecimento.
A ti, por me ter tido sem ter me tido, assim nessa confusão.
Obrigada, amor, por me mostrar que a vida não é de toda uma obra de arte.
Mesmo que ainda prefira ser um quadro renascentista.
Por último, mas não menos importante, lhe aprecio mais por me mostrar que o hoje pode ser muito mais incrível do que o ontem, e que nada na vida pode mudar com um sentimento qualquer.
Lembre-se sempre que te amei, te dei o melhor que eu tinha. E esse amor será sempre teu.
Não importa se estiver com outro alguém.
Porque amor só se sente uma vez.
Me despeço agora, lhe deixando a sós com essas palavras.
E que nada seja em vão.
Adeus.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s