Amor

O amor é algo tão grandioso que só quem sente tem direito de falar sobre. Amor é ouvir uma música e rir só, porque te lembra a pessoa amada. Amor é se dar a alguém que precise apenas sentir-se amada. Amor é ligar numa terça-feira e dizer que sente saudades de ouvir a voz da pessoa. Amor é dar uma esmola bem gorda para um estranho, talvez ele tenha um desejo no coração que só essa sua ajuda possa ser útil. Amor é se preocupar sem querer ser amante. Amor é chorar no silêncio da noite, como se esse silêncio fosse a única coisa que pussui e a única mão amiga que tenha em anos. Amor é acordar bem consigo e com qualquer outro. Amor é tão grandioso que não se explica porque sempre falta algo, mas é tão bom que você pode sentir apenas por olhar diferente para a sua vida, um caminho diferente, uma música nova, um filme no cinema sem companhia, uma visita ao cemitério àquele amigo que te faz falta… tenta pegar uma florzinha no meio da rua e celebre sua vida e o amor que alguém teve que ter só para que você pudesse nascer.

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s