Consideração

A ilusão tocou-me os lábios
e se foi como correnteza
fortemente deixou-me exaltado
perdendo o controle
sobre o contato
levando-me a loucura
esquizofrênica do peito
que sequestrou a minha paz
e prendeu-me a eterna mania
de querer-lhe aqui.
Que colo não tenho,
mas quero
e logo não venho
a ter-te por perto
contudo, tenho dor
de perder o que sinto
se sinto e sei
por que contento?
Mais quero, mais busco
porém a razão
me é injusta
que falta de consideração!

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s