A espera de uma notícia ou um retorno

Eu estou aqui sozinha sentindo de longe o cheiro de uma comida sem tempero. Não sabia para onde correr e tão confusa quanto conseguia. Ele havia partido tão rápido e sem o menor sentido, eu não consegui entende-lo. Veio como sempre, sorrido e cheio de alegria e então, quando menos esperava, disse adeus e se foi pela mesma porta que havia entrado. Talvez tenha se assustado com algo. Correu até seu carro e saiu às pressas. Confesso que ainda choro durante a noite ouvindo aquelas músicas que se tornaram tão nossas…

Pode ser bobagem, mas fico tentando lembrar do toque dele e do jeito que me olhava quando saíamos de carro e gritávamos nosso amor. Aquele mesmo carro que o levou de mim a duzentos quilômetros por hora. Eu soube, aquele dia, que era o primeiro contato na sua lista de emergência. Eram três e vinte e sete da manhã quando meu telefone tocou. Algo já me dizia que era ele.

Um homem de voz fina e notavelmente nervosa disse o alô que eu esperava vir do meu amor. “O senhor Tomás Eduardo acaba de sofrer um acidente. Liguei para o primeiro contato dele. Vocês são parentes?” Me perdi num oceano de desespero e me deixei afogar. Os segundos pareciam séculos e minhas lágrimas viraram súplicas a um Deus que nunca acreditei. O sabor da notícia era amargo e doía a boca do estômago e o meio do peito.

Não sei como cheguei aqui. Lembro de correr o máximo que meu corpo aguentou. Ainda não me deixaram vê-lo e enquanto espero deixo livre as lágrimas que rezam por mim esperando o milagre acontecer.

continua…

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s