Já amou hoje?

– Você é tão romântica! Quero dizer, não está comprometida, mas parece estar apaixonada. Não fala sobre isso, mas sorri pras nuvens e fica com aquele olhar brilhante e bobo…

Ela riu, com um tom gostoso de ouvir.

– Eu? Bom, acredito tão fortemente no amor que não vejo a necessidade de estar com alguém fisicamente para senti-lo. Eu me apaixono tanto, como hoje… já me apaixonei três vezes enquanto caminhava na rua.

– Como você consegue? Amar nesse sentido… parece loucura! Todos falam de amor com tanto cuidado e quase não dizem mais “eu te amo”. Parecem estar com medo de amar.

– Eu acho que as pessoas a minha volta merecem o melhor. E se eu puder dar o melhor de mim, darei. O amor é o que eu tenho de melhor.

– Mas e ele? Está apaixonada, não está? Seus olhos brilham ao ouvir o nome dele.

Ela abaixou a cabeça, como quem esconde a timidez de si mesma. Engoliu uma lágrima que queria descer e falou.

– Já sofri tanto por não receber amor em troca que não sei ser amada. Apesar de gostar dele, e talvez – confesso – estar perdidamente apaixonada, não me prendo. Quer dizer, como posso dar tudo o que tenho de amor para alguém que não o quer?

– Você já chorou por ele?

– Já. Quando ele disse não saber se me amava e se éramos mesmo feitos um para o outro.

Ela sorriu como quem luta para viver. Aquele tipo de sorriso esperançoso.

– Miguel, você é tão novo! Eu queria que pudesse ser amado um dia, como não sei se será juro que vou torcer por isto. Agora, não se preocupe comigo. – nesse momento passou a mão pelo meu rosto como mamãe costumava fazer.

– Irmã, espero que ele perceba a pérola que tem nas mãos. Que não perca a chance de poder tê-la por simples capricho e orgulho. Qualquer jovem gostaria de receber esse tipo de amor.

– Na hora certa a pessoa certa vai cruzar o meu caminho. E sabe o que direi a ele?

– O quê?

Ela sorriu como aqueles apaixonados que cantam rimas nas praças da minha cidade.

– Estive esperando por ti. Aqui está todo o amor que guardei. Entrego-te minha fé e esperança, meu consolo e meu sorriso. E quando tudo ficar perdido, eu estarei ao teu lado. Porque quando se ama, os apaixonados viram uma só carne.

image

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s