A Verdade

As vezes eu me pergunto de que importa saber a verdade das coisas se as pessoas costumam criar suas falsas verdades e acreditar nelas fielmente. Creio que se todos abrissem suas mentes ao que acontece a sua volta o mundo seria melhor, as pessoas tratariam melhor umas as outras e não viveríamos nesse egoísmo gigantesco.

Se discorda de mim pare e pense um pouco! Quando você está dirigindo (se não dirige comece a observar o trânsito) as pessoas costumam dar passagem às outras? Nas saídas dos retornos, acostamentos, aquela fila enooooooorme ou num sinal… se você precisar ultrapassar o que é mais frequente: a pessoa que vem atrás de você acelerar ou diminuir a velocidade para lhe dar passagem? Agora pense: você é qual dessas pessoas no trânsito?

Quando você está num supermercado e em todos os caixas existe fila, você espera sua vez ou procura um caixa mais vazio e acaba entrando mesmo em filas preferenciais?

Talvez esse seja o mal do brasileiro.

Mas não que isso seja único e exclusivo nosso.

Qual a verdade que você está acreditando? Vale a pena acreditar somente nela? Já se perguntou qual a verdade além da sua?

Muitas vezes criamos conceitos errados por não nos permitirmos conhecer tudo ao nosso redor. Muitas vezes não damos oportunidades às pessoas e nem fazemos questão porque nosso egoísmo é muito mais prazeroso, é muito melhor viver no nosso mundinho sem preocupações além das nossas mesmas.

Nenhuma verdade é ou deve ser absoluta, essa certeza já deveria ser errada só em hipótese!

Num mundo utópico a verdade deveria ser levada a sério, sem tentativas de se tirar proveito de tudo e todos para bem pessoal. Deveria, também, ser defendida sem precisar ser questionada a fundo.

Quem sabe da verdade jamais colocaria a culpa em terceiros, em atos errôneos ou em momentos de insanidade mental.

Quando se tem poder sobre a verdade se entende o comportamento humano e se aprende a viver em bando. Quando se observa a verdade tudo parece mais puro, mais belo e mais atrativo ao conforto e não somente a um comodismo, mas a uma só pureza.

Talvez isso tudo não seja a verdade, mas ninguém jamais saberá.

Em qual verdade você se esconde? Em qual você acredita? Qual é a verdade que você não enxerga?

Anúncios

Escrito por

Estudante de Jornalismo e brasiliense. Apaixonada por cinema, literatura, música, culinária e beleza. Com família paraense, das raízes indígenas, se criou em Brasília onde pode descobrir mais sobre o mundo e se apaixonou pela profissão que escolheu. Criou o Diário em 2014, quando decidiu manter vivas as poesias que mantinha em cadernos por anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s