Top 5 de 15 estilos musicais

OLÁAAA!!!

Hoje eu acordei decidida a aumentar nossos temas, abordagens e assuntos e, por esse motivo, decidi abrir nosso leque de posts saindo um pouquinho da nossa amada literatura.

Toda terça-feira vou trazer um post em um de nossos quadros novos começando com esse aqui. Até porque quem não ama música?

Eu sou a pessoa mais eclética que você provavelmente vai conhecer e isso me deu um estalo para esse quadro. A ideia é trazer um TOP 5 das músicas que mais ando escutando de cada estilo musical. (desde que eu me lembre dos estilos kkk)

Antes que eu perca tempo demais e você se canse de tanta enrolação eu vou começar com os pagodim.

Eu não sou a maior fã de pagode, confesso. Mas como nasci nos anos noventa escutava por causa dos meus tios mais novos e/ou primos mais velhos que eram fãnzocas de carteirinha.

Então o meu TOP 5 de Pagode vai ser meio retrô.

Nº 5 Cheia de manias, Raça Negra

Ninguém que ouse pegar o violão na rodinha pode deixar de tocar essa nem que seja apenas na zoeira! Pra mim é um clássico e eu não consigo enjoar, sem falar que a letra serve E MUITO como declaração pra crush.

Nº 4 Coração radiante, Grupo Revelação

Confesso que só gosto dessa música por causa da letra. Me apaixonei muito por ela quando ouvi na voz da Clarice Falcão e até aprendi a tocar no meu ukulelê. Também sempre nas minhas rodinhas com o violão e os amigos.

Nº 3 Que se chama amor, Só Pra Contrariar

Gente do céu, eu confesso que meu primeiro crush da vida foi o Alexandre Pires! Mas nunca encontrei o meu por aí kkkk pena… Meu tio era muuuuuito fã de SPC e foi o grupo de pagode que mais me marcou e até hoje eu gosto de ouvir porque tem um quê de nostalgia da infância literalmente! Até porque no ano que eu nasci eles estouraram no país inteiro e enquanto fui crescendo e aprendendo a falar sempre cantarolava seus sucessos.

Nº 2 Essa tal liberdade, SPC

Eu juro que me marcou! Marcou desde bebê até os cinco anos mais ou menos. Acho que nunca vou desaprender essa letra kkkk

Nº 1 Depois do prazer, SPC

Agora vocês finalmente entenderam que realmente gosto de SPC? kkkk Outro dia tava tentando tocar essa no violão e ouvi minha mãe cantar o resto da semana só porque ficou na cabeça dela! Mas assim, outros grupos também me marcaram nessa mesma época… mesmo o pagode sendo bem ausente nas minhas playlists do spotify.

Agora vamos para o próximo estilo musical? Acho que vou continuar aqui na vibe brasileira porque nossa cultura é tão rica que eu poderia fazer listas intermináveis de nossas grandes canções!

Eu sou apaixonada pela cuíca, pelo cavaquinho e pelos tambores que introduzimos tão bem nas nossas músicas e, logo, completamente louca por samba. Então vamos logo com o TOP 5 Samba Raíz porque eu quero ouvir todas, uma por uma, junto com você.

Nº 5 Disritmia, Martinho da Vila

Eu sou apaixonadíssima pelo Martinho, acho que por ele ter uma aparência física semelhante ao meu avô materno. Vai saber! Mas essa música em especial é um vício íntimo. Quantos dias acordei com ela na cabeça e só sossegava ao ouvi-la. Uma delícia para os ouvidos.

Nº 4 Tiro ao Álvaro, Elis Regina e Adoniran Barbosa

Eu adoro essa brincadeira de palavras como “alvo” e “Álvaro” nessa canção. E essa reunião de vozes entre Adoniran e Elis são de parar meu coração, de verdade. Mas confesso que conheci essa música na voz do Diogo Nogueira, que também adoro.

Nº 3 O trem das onze, Adoniran Barbosa

Sabe aquele momento em que você está com seu namorado, mas daí tem que ir embora por causa da hora? Eu sempre canto essa música na hora de ir embora! Sem contar que parece que eu escrevi essa! “Sou filho único” e “minha mãe não dorme enquanto eu não chegar”, história da minha vida kkkk

Nº 2 O mundo é um moinho, Cartola

Minha paz se resume nessa voz! Também fica maravilhosa na voz da Teresa Cristina… eu já posso pedir essa no meu velório? Quero passar pra outra vida com essa trilha sonora, ok?

Nº 1 Preciso me encontrar, Cartola

Na minha opinião, Cartola é o verdadeiro rei da música brasileira porque olha… ta difícil alguém superar ele. Não há tempo quando se escuta esse grande, parece que sua música une as gerações. Ainda não superei essa música! ME SEGURA!

Ok… talvez eu sofra mais um pouco porque to na vibe cult. Então vamos logo com o TOP 5 MPB que já tem várias em mente a ponto de me confundir.

Nº 5 Sangrando, Gonzaguinha

Quando eu penso em ditadura militar me vem Gonzaguinha imediatamente a mente. E essa é uma das minhas preferidas, acabo cantando no chuveiro com uma frequência tão grande que chega a ser engraçado. Essa, deinitivamente, seria uma das minhas opções se eu fosse pro The Voice!!

Nº 4 Samba de uma nota só, Tom Jobim e Elis Regina

Sabe quando você acorda com o humor meio azedo? Essa música definitivamente vai te relaxar e te fazer sorrir. Claro que se escutar com o coração aberto. E que letra!!! Não tem muito o que falar sobre ela, deixa só eu ouvir.

Nº 3 Chega de saudade, Tom Jobim

Sabe quando tem um amigo que toca muito e vocês querem fazer um som? Tom é a minha primeira opção, se eu puder canto essa música o dia todo e olha que ela fica na cabeça mesmo.

Nº 2 O meu amor, Chico Buarque

Se você cresceu nos anos oitenta muito recorda dessa música numa sátira feita pelos trapalhões e eu sempre caio na risada ao lembrar dela por ter tido a oportunidade de ver reprises até no vídeo show kkk mas sério, essa letra é muito bonita e até sensual. Eu sou louca pra ver um cover dando uma nova roupagem porque ficaria linda, talvez um dia eu consiga fazer.

Nº 1 Olhos nos olhos, Chico Buarque

Se você estiver na bad pós término de relacionamento essa música deve ser sua melhor amiga! E se quiser jogar umas alfinetadas pra quem te largou, pegue os versos certos dessa música que ele vai se doer eternamente. Mas mudando o rumo desse comentário, essa é minha música preferia do Chico, mas depois procure na voz da Ivete Sangalo! Fica ainda mais linda, sério.

To com vontade de alegrar um pouquinho porque acho que deu uma depre de leve. Então pra você levantar comigo e dançar um pouquinho vamos curtir o TOP 5 Axé!

Nem vou descrever muito esse estilo porque, pra mim, ele fica junto com o pagode… não gosto tanto, não ouço tanto, mas marcou minha infância e tem aquele quê de nostalgia. Também sou mais dos sucessos antigos. Ainda não vejo melhores que eles para entrarem na minha playlist de nostalgia que decidi fazer!

Nº 5 Dança da mãozinha, Tchakabum

Toda festa que meus amigos fazem tem que rolar essa música se não ela não pode ser considerada festa! E a gente tem que fazer as filinhas e disputar quem consegue dançar tudo até o final. Não é uma música pra se ouvir, é uma música pra se dançar. Então antes que você reclame comigo, levanta da cadeira e tente dançar, te garanto que vai se divertir.

Nº 4 Milla, Netinho

Acredito que essa seja do tipo de música que se você não faz outro sucesso que estoure vai cair no “cara de uma música só”. Pra sempre recordado por uma única música, não sei se é o caso do Netinho, mesmo que pra mim seja… #pesado
Mas esse sucesso aí marcou muito minha infância também.

Nº 3 Alô paixão, Banda Eva

Eu sou filha única, mas teve uma época da minha vida que tive uma irmã mais velha. Era minha prima que morou comigo por alguns anos. Pense numa criatura VICIADA na Veveta! Resumindo… Ivete pra sempre rainha! kkkk Sou louca por ela também e não existe isso de ouvir sem me lembrar da irmã dançando pela casa igual uma louca.

Nº 2 Me abraça, Banda Eva

Olha esse vídeo! Cara, para tudo! Que saudade de ser pequena e desejar ser uma cosplay de Ivete kkkkk Alguém consegue não cantar essa música?

Nº 1 Eva, Banda Eva

Gente, eu tinha quatro anos, mas eu lembro de como foi uma loucura quando essa música estourou na voz da Ivete. Com toda certeza eu tinha uma fita vhs com esse clipe gravado kkkk

Vou deixar pra mudar radicalmente o estilo musical depois, agora to afim de continuar na vibe do brazuca com o TOP 5 Sertanejo/Forró.

Não é que eu goste muito, mas eu moro em Brasília. Assim que fiz dezoito anos só saía para casas de festas mais perto de casa e adivinha o que tocava a noite toda? Isso mesmo, sertanejo. Não tem muito pra onde correr porque aqui você ta sempre rodeado por modão, forró e sertanejo universitário. Acaba que de tanto ouvir você aprende a cantar e a curtir kkk ainda mais se souber dançar.

Nº 5 Um sonhador, Leandro e Leonardo

Acho que tenho um sonho que marcou tanto minha infância que parece lembrança. Uma tia mais nova era louca por essa dupla e no sonho ela gritava muito sentada no ombro do meu pai. E era uma loucura! Acho que me senti lá com eles, que foram mesmo, enquanto eu fiquei em casa só dormindo.

Nº 4 Infiel, Marília Mendonça

Garçom, traga agora mesmo uma torre de chop que eu to afim de sofrer sem motivo! kkk
Eu gosto dessa só por causa da história que a inspirou a compor, a letra foi real e aconteceu com os tios dela! E eu, nada louca por histórias verídicas dramáticas, adorei. Porque a letra ficou super legal, e eu amo letras bem feitas.

Nº 3 Tim Tim, Wesley Safadão

#VAISAFADÃO
Eu fui resistente ao Safadão até ele me ganhar na persistência. Como eu disse, em BSB não tem como fugir e eis um exemplo muito forte disso. Persistiu tanto que hoje em dia eu sou das que gritam Vai Safadão! e danço mesmo. Se não pode vencê-los, junte-se a eles.

Nº 2 Respeita Januário, Luís Gonzaga

O nome do meu pai é Luiz e, sim, eu canto isso pra ele o dia todo kkkk
Adoro Gonzaga, o rei do baião e todo o espírito de São João que temos unicamente no nosso país. Gostei mais ainda quando deu pra conhecer um pouco da história dele no filme, deu pra ver muito os costumes nordestinos que a família da minha mãe tem. Acho que por isso gosto tanto, tem um sabor de família, de casa. Não importa onde esteja, ouviu Gonzaga se sentiu em casa.

Nº 1 Fogueira, Jorge e Mateus

Eis aqui a única dupla sertaneja que se eu pudesse ouviria pra sempre. Fico muito impressionada com a forma como eles mesclam elementos musicais de outros estilos nas suas composições sem perder sua essência. Já deu pra ouvir reggae, rock… isso que é música pra mim.

Confesso que sempre odiei funk, mas não posso negar o quanto o RITMO é contagiante. Aquele tum ta tum tum ta faz seu pézinho se mexer e você sente vontade de seguir o ritmo sem perceber. Quando estava lá pelos dezesseis anos comecei a ouvir um pouquinho mais na curiosidade de saber se todo funk é na real uma bosta. Eu to falando de uma forma que a mente de quem curte rock, por exemplo, possa me entender.

Sempre gostei de dançar e isso pra mim é o fator decisivo para separar a música. Na minha concepção existe música pra ouvir e música pra dançar! E funk se encaixou na segunda opção, mas ainda assim os proibidões não me descem goela abaixo. Tem que ser contagiante, mas divertido e não apelativo. Então seguindo esse raciocínio eis aqui o meu TOP 5 FUNK.

Nº 5 Água na boca, Tati Zaqui

Não acho que a voz da Tati seja lá essas coisas, mas isso nem é importante no funk, então quando você entende isso para de exigir demais. Essa música tem um quê latino que eu gosto bastante e meu corpo sempre pede que eu dance, sim ele tem esse poder sobre minha mente. Acho que vou pintar meu cabelo de azul também, da até pra fazer umas letras de funk aqui kkkk mentira. OBS: eu me divirto com esse clipe, tá muito engraçado!

Nº 4 Na ponta ela fica, Mc Delano

Ta aí uma música totalmente sem nexo, letra nada a ver, mas que não consigo ficar quieta kkkk preciso dançar! E funk pra mim é isso. Ah! E eu gosto da voz do Delano porque é tranquila e da pra ouvir sem ficar criticando a afinação e etc.

Nº 3 Tum tum, Mc Delano

Essa é outra que é só pra dançar mesmo, mas não se engane, com dançar eu quero dizer mexer o corpo e no máximo arriscar um quadradinho meia boca que faz parecer que eu esteja com a coluna travada kkk

Nº 2 Devagarinho, Mc Delano

Semestre passado, na faculdade, enquanto esperávamos o resto da equipe pra editar o programa que nós produzimos ficávamos escutando essa e algumas outras músicas, então a primeira coisa que lembro ao ouvir esse funk é uma sala com câmera de segurança e três abestados fingindo que sabiam dançar e riam a tarde toda. E é um outro exemplo de como não precisa ser conceitual pra te relaxar, um funk leve também pode te deixar mais calmo e com um sabor de diversão no seu dia.

Nº 1 Vou desafiar você, Mc Sapão

Eu escolhi esse vídeo exatamente por ser o que mais marca essa música nessa época da minha vida. Se tocar e eu estiver com os amigos é exatamente assim que vamos dançar! Então há risada, diversão e passinho na roda. Acho que isso é o mais legal desse estilo e de outros, como o axé por exemplo, de proporcionar um divertimento em qualquer lugar, basta que toque a música certa.

Vou sair um pouco do brazuca pra trazer algo mais ousado, talvez… esse TOP 5 Latino tá bem alto astral também. Há alguns meses eu tenho entrado na vibe dos reggaetons e escutado MUITO! Não sei dançar nada, nem onde toca por aqui (na verdade só conheço um lugar). Mas é tão contagiante quanto o funk quando se trata de não conseguir ficar parado.

Nº 5 Hasta el amanecer, Nicky Jam

Essa eu adoro e fica na cabeça, me pego cantarolando-a facilmente. Adoro a voz no Nicky e como o ritmo é envolvente. E acho o clipe bem divertido também. OBS: se você souber dançar me ensina? kkk

Nº 4 La gozadera, Gente de zona e Marc Anthony

Ta aqui um hit que poderia ter sido hino na copa do mundo representando todo o povo latino! Eu sou apaixonada por esse patriotismo que toda a América do sul e central tem tão enraizada, coisa que no Brasil é muitas vezes piada e motivo para deboche. E sem contar que parece ter um Mr Catra espanholado que eu adoro kkk

Nº 3 Monalisa, Alkillados

Um exemplo de como os estilos se fundem e mesmo assim não perdem a sua identidade. Sabe me dizer quais elementos de outros estilos tem nessa canção?
Eu nem vou falar que ela também é chiclete e que vivo cantarolando, mas é sim uma das minhas preferidas.

Nº 2 Ginza, J Balvin

Por favor, me faça escutar a versão original kkk Por mais que eu sempre diga que a Anitta é a diva brasileira do momento, eu prefiro essa só com o J. E se necesito reggaeton, dale!
Quando bate a depre eu coloco no último volume e me tranco no quarto, melhor terapia!

Nº 1 Duele el corazon, Enrique Iglesias e Wisin

Se tem Enrique Iglesias no título todo o mundo pára pra ouvir e já se espera um sucesso. E se com ele te dói o coração, com o Iglesias só vai doer os pés… e eu concordo kkk
Essa também vale ouvir trancada no quarto dançando pra alegrar um pouco o dia.

Agora mudando completamente e para provar que eu realmente sou eclética trago-vos o TOP 5 ROCK. Preciso confessar que já tive minha fase trevosa escrota e até mesmo a fase emo kkk O rock pra mim é liberdade, é poder gritar sem precisar emitir som e muitas vezes quando os problemas me lotam a cabeça só consigo parar e me tranquilizar após um rock bem pesado.

Tenho minhas preferências, não curto muito os darks demoníacos, mas adoro quando eles trazem solos impecáveis e vozes roucas que sabem dizer exatamente tudo aquilo que você quer. O rock é um xodó meu, escuto sempre que to com um fone por perto e canto junto tocando uma bateria ou guitarra imaginária.

Nº 5 Zombie, The Cranberries

Com uma pegada anos noventa e até talvez meio alternativo trago um dos clássicos pra mim. AMO essa voz, essa guitarra… adoro todos os covers que já ouvi dessa música e todos que já a cantaram em programas de disputas como American Idols. Acho que muitas mulheres precisam sentir o poder que tem ao cantá-la, porque eu vejo uma artista empoderadora ao ver tanto o clipe como ao vivo e todas as mulheres que já a cantaram transmitiram exatamente isso.

Nº 4 Smells like teen spirit, Nirvana

Se eu fosse adolescente nos anos noventa com toda certeza teria posts doo Nirvana por todo o meu quarto! Andaria de all star e camisetas um número maior, com o cabelo meio sujo kkkk
Eu sempre vou me sentir com dezessete anos ao ouvir essa e não há como mudar isso. E sempre que eu for em qualquer pub, se a tocarem eu pirarei!

Nº 3 A little piece of heaven, Avegend Sevenfold

Ainda tenho vontade de me arriscar num pedal duplo e essa música seria a da tentativa, mas eu não tenho coordenação motora pra tanto. Infelizmente. Se eu abrir o youtube com o intuito de ouvir rock essa será uma das primeiras que irei colocar, e por mais louca que eu possa ser, amo a música e tenho medinho do clipe QUE É EM DESENHO! Vai me entender…

Nº 2 Misery bussines, Paramore

Essa música e o ano em que ela estourou marcou pra sempre minha vida e o gostinho nostálgico sempre vai existir porque nessa época minha mãe teve câncer e eu fiquei rebeldinha… matava aula, ouvia exatamente as músicas que ela e meu pai não curtiam muito e queria descolorir o cabelo kkkk A louca ficou mais louca nessa fase, mas passou. Passou quando eu reprovei kkk Mas nem tudo é por acaso e lembro disso com humor.

Nº 1 Horizontes, Glória e Lucas Silveira

Eu adoro as duas guitarras conversando no início, eu adoro como ela começa e vai ganhando proporção, adoro como a voz doce se mistura à roquidão explosiva… cara, eu amo essa música! Fica no repit eterno até alguém meter a mão e dizer “chega”. Se eu estiver dirigindo e essa música tocar sou capaz de parar o carro só pra poder cantar e curtir cada acorde! Essa também seria uma das minhas apostas num The Voice da vida kkk

Pra não mudar radicalmente de novo agora vou nos pais do rock, o TOP 5 Blues e Jazz tem muito de mim, em inspiração e em desejo de coisa boa. Até onde sei, e perdão se estiver enganada, o blues nasceu como escape a todo sofrimento que os negros tinham e também foi uma forma de continuar passando suas crenças a seus filhos. Isso lá ainda na escravidão pela a América do Norte. Creio que com o jazz tenha sido da mesma forma, mas com um pouco mais de força apelando pela felicidade que era escondida no blues. Um dos motivos pelo qual sou louca por esses dois estilos é que só gente boa pra caralho consegue cantar e tocar assim. Isso definitivamente da um gás a mais só quando se ouve.

Nº 5 Dream a little dream of me, Louis Armstrong e Ella Fitzgerald

Todas as grandes superstars do POP que se preze tem Ella Fitz como inspiração, e vou citar apenas Cristina Aguilera como uma das que fala publicamente isso. Todos tem em quem se inspirar, mas naquela época já se nascia assim, com esse talento, e se cantava apenas com o coração. E nem vou perder meu tempo falando do Louis, nada pode lhe descrever.

Nº 4 Stand by me, BB King

Aprendi a letra, aprendi no violão e aprendi no clarinete de tanto que amo essa música! Esse grave me deixa extasiada, fico feliz e radiante ao ouvir essa música, sério. E fiquei muito triste quando ele morreu.

Nº 3 My Way, Frank Sinatra

Eu juro que tentei sair do óbvio, mas não consegui tirar o Frank desse top 5. Muito menos escolher outra que não fosse My Way ou New York, New York porque eu sou apaixonadíssima nas duas! Eu já to é cantando junto com ele.

Nº 2 Ain’t no sunshine, Bill Withers

Confesso que a primeira vez que ouvi essa canção foi na voz ainda de criança do Michael Jackson e me apaixonei imediatamente por ela. Procurando depois pra fazer download vi que não era dele, e mesmo assim ainda continuei louca por ela. Em qualquer versão, mas de preferência em vozes mais roucas. Essa também fica no repit all day long até alguém reclamar comigo kkk

Nº 1 Feeling good, Michael Bublé

Por favor, se algum dia eu puder realizar um dos meus sonhos será que vocês podem me providenciar um show privado como esse? O que mais gosto no jazz é que ele é sexy, é gostoso de ouvir e é empoderador.
Se me perguntarem qual meu artista preferido e excluírem a possibilidade de escolha ser o MJ com toda certeza eu diria que é o Michael Bublé, porque essa voz me faz ganhar o dia com toda certeza.

Um estilo que tem muitos elementos do rock, blues e soul com outras referências como no EDM e eu sou apaixonada está bem representado no TOP 5 Indie/Alternative. Eis que um belo dia aventuresco eu abri um vídeo qualquer no youtube e PAH um indie me ganhou kkk sério! E depois alguns amigos me indicaram algumas bandas e fui conhecendo mais e gostando mais também.

Tudo bem que geral ta na vibe hipster e muitos estão ouvindo essas bandas mais famosinhas, mas eu tentei sair muito do obvio de novo e trazer as minhas 5 preferidas do momento e/ou eternas na minha playlist.

Nº 5 Brazil, Declan McKenna

Eu achei essa música no spotify como indicação por ter escutado outras, o número de players era até pequeno e o Declan tinha apenas umas três músicas lá. ÓBVIO que dei o play só por causa do nome e confesso que quando vi na letra que temos ursos no nosso país eu caí na gargalhada, mas não deu pra não gostar da melodia. É mais uma dessas que te pega pelo toquezinho e pelo refrão, que eu particularmente gosto bastante.

Nº 4 Somebody that I used to know, Gotye e Kimbra

Tem vezes que não da pra sair do esperado, e essa música é meu xodó! Ah, talvez você não saiba, mas o Gotye recebeu um processo por plágio e por brasileiros! Até onde eu soube a família do cara que criou a melodia (que já falesceu) ouviu o sucesso da banda e reconheceu o plágio, a banda não negou e ainda confirmou ter se inspirado mesmo na tal música. Se isso for um engano eu quero saber, mas não deixou de ser uma das minhas preferidas.

Nº 3 Youth, Daughter

Quando eu to nervosa e querendo ficar quieta procuro essa música. Não sei porquê, mas fico calma e feliz quando a escuto… só que quando acaba eu me pergunto POR QUE MUNDO CRUEL????

Nº 2 Skinny Love, Birdy

Quando eu fizer uma playlist de músicas transantes essa vai estar na lista kkkk
Brincadeiras à parte, eu adoro vozes doces e acho que isso é o que me faz gostar dessa música e de todas de Birdy. OBS: eu sempre canto Brasil ao invés de Brasee, bicha burra!

Nº 1 New americana, Halsey

Logo que a Hal lançou essa música uma menina cantou no The Voice americano e eu me apaixonei na mesma hora, só que com uma sensação de “eu já ouvi isso antes”. Desde então tem sido mais uma pra ouvir sem parar. Acho que se juntar todas já da uma playlist kkkkk

Eu costumo invocar as forças de Lord Voldemort através dos raps que nunca sei cantar direito, então esse TOP 5 Raps/Hip Hop ta mais pra isso aí kkk
Lembro que quando era mais nova adorava “dançar” os passinhos de hip hop na escola, pena que nunca acertei.

Nº 5 Lose yourself, Eminem

Sabe aquela história de aprender inglês estudando com música? Nunca faça isso com uma letra do Eminem! Eu sou como aquela tirinha em que o coisa ruim aparece e pergunta pro guri por que o invocou, e ele responde que não invocou ninguém, só estava cantando um rap do Em.

Nº 4 In da club, 50 Cent

Eu adoro esse clipe gente! Que saudades da pré adolescência quando todo mundo tinha que ouvir 50C pra ter moral de alguma coisa na escola kkkk

Nº 3 Team, Iggy Azalea

Realmente me deixa feliz quando uma mulher chega no mundo musical sem precisar expor seu corpo pra obter sucesso, até porque quem é bom de verdade tem espaço. A Iggy foi chegando com hit mais pegajoso, mas como todo album guarda mais que só uma música de trabalho, ela foi se destacando. Pra mim ela é a atual rainha da galera do rap mais pop.

Nº 2 Love the way you lie, Eminem e Rihanna

Eu não sei o que gosto mais nesse clipe, o Eminem, a make da Rihanna ou a Megan Fox. Ta difícil de lidar. Sem falar que eu volto no tempo diretamente pro meu ensino médio e me recordo de zoar cantando esses agudos da Riri divinamente mal.

Nº 1 Sensual Seduction, Snoop Dog

Claramente não poderia faltar o rei da bagaça toda. O cara reina mais que a rainha da Inglaterra, minha gente. Por onde passa ele exala poder kkkk
Snoop é eterno, acho que todo o mundo deveria ouvi-lo. Sério, essa música é muito boa e esse clipe me rende tanta risada que eu ganho o dia.

Eu sou publicamente a menina do Pop Music e fazer o Top 5 POP foi o maior sacrifício da história da minha vida, porque tive que sair muito do esperado. O legal desse quadro é fazer vocês conhecerem coisas novas também, além de ouvirem algo que faz tempo que não escutam, então eu fui mais no fundo do baú pra trazer clássicos e ao mesmo tempo novidade.

Nº 5 Remember the time, Michael Jackson

Eu não poderia deixar de colocar o rei no meu top 5, mas aposto que ninguém esperava essa música. Eu adoro o clipe e a coreografia, agora vou te desafiar: encontre o dançarino vestido de mulher.

Nº 4 Hollaback girl, Gwen Stefani

Hino das garotas quando eu era menor era essa música e acredito que ela faz parte da trilha sonora de algum filme que eu era viciada.

Nº 3 Say you’ll be there, Spice Girls

Eu era muito pequena, mas eu tinha uma fita VHS com o show das Spices e cara, eu era muito viciada. Meu sonho era usar Maria chiquinha com bota plataforma branca! Aposto que quem tem menos de dezoito anos não conhece essa.

Nº 2 Stronger, Kelly Clarkson

O que eu mais gosto em música POP é que muitas são feitas pra você cantar junto e a maioria das cantoras sofrem ou já sofreram algum problema de auto estima e escrevem sobre. Eu escolhi essa música por ela ser um desses hinos que você canta junto, dança junto e ainda se sente bem ao final. Porque música também é pra isso. E o que não te mata sempre vai te tornar mais forte, isso é fato!

Nº 1 I wanna dance with somebody, Withney Houston

A cultura POP surgiu após o estouro de Elvis Presley quando as rádios passaram a fazer Tops 10 (como esse nosso de hoje). Mas a construção da música com o objetivo de ser POP veio nos anos 80 quando divas como Withney estouraram. De lá pra cá esse estilo só se fixou mais e cresceu muito. Obviamente que eu, como amante de músicas oitentistas, não deixaria passar um hino como esse que sempre me deixa feliz e de bom humor. O bacana também é como esse estilo musical dita a moda de uma forma fortíssima! Analise esse clipe e veja tudo o que já voltou a moda nos dias de hoje e repare no que ainda poderá voltar nos próximos anos.

Como uma boa festeira, que não sou mas finjo ser, as músicas mais envolventes e dançantes precisam ter uma pasta exclusiva em todos os aparelhos eletrônicos que tenho. Uma das primeiras playlists que fiz no Spotify foi essa e tentei fazer um TOP 5 EDM que não fosse esperada, muito menos super enjoativa/tendência tocando o tempo inteiro por ai. Dei uma pesquisada no que já ando ouvindo e em indicações e fiz com todo o carinho esse top do estilo musical que mais ando curtindo no momento.

Nº 5 Adrenaline, Zedd

Eu sou bem suspeita pra falar do Zedd porque meu namorado me viciou nele desde a primeira semana de namoro. Até então era apenas Clarity, depois Daisy, se completando ao ouvir todos os álbuns e todos os lançamentos. Foi com o Zedd que passei a ouvir mais EDM e a me arriscar nos DJs que eu nunca tinha ouvido falar, naquelas indicações do próprio youtube. Conheci alguns por remixes e outros por estar a toa abrindo videos aleatórios. Adrenaline é lançamento, mas já é um xodó.

Nº 4 Perfect Strangers, Jonas Blue e JP Cooper

Todas as músicas que eu escuto muito minha mãe acaba gostando e essa é um exemplo disso. Como trabalhamos em locais próximos, nós vamos sempre juntas e sempre que meu pen drive está conectado ela pede essa. E dança. Dança até chegar no trabalho e daquele jeito bem engraçado que me faz chegar de bom humor. Ah!! E ela me faz tocar no violão pra ela cantar! Melhor companhia sempre.

Nº 3 Me and you, Alok e IRO

O clipe por si só já explica porque sou apaixonadíssima nessa música. Eu adoro quando as pessoas conseguem chegar a um lugar desejado ainda mais quando outros ficam dizendo que isso é loucura, impossível ou até mesmo desmerecendo esse sonho. Sinto como se fosse comigo. E me apaixonar por uma música dessa forma me faz nunca enjoá-la.

Nº 2 Hollywood, Vintage Culture

Eu to tando na vibe brazuca bass que até pra dormir ando ouvindo e Vintage e nossos outros monstros picas da galaxia. Ultimamente se não tocar Hollywood a festa/noite não tem nem graça.

Nº 1 AYO, Bhaskar

Não poderia separar os irmãos, até porque no coração eles já estão eternizados. Até mesmo pela chance de bater um papo (mesmo que curto) e perceber que pessoa legal ele é, sem deixar a fama subir pra cabeça. Confesso que gosto ainda mais só pelo patriotismo brasiliense que tenho kkkk

Minha mãe me teve ainda muito novinha então eu cresci com uma mulher maravilhosa e que, acima de qualquer coisa, topava tudo comigo. Ia nos shows dos cantores que eu gostava quando criança, me levava pra porta de hotel e sempre me deu os cds deles. E como o nosso companheirismo musical sempre foi muito forte eu decidi fazer um TOP 5 Minha mãe ama e eu adoro, inspirado na minha playlist “Fazer mamãe me dar dinheiro” lá do Spotify.

Nº 5 Music and me, Michael Jackson

Já sabemos quem é a culpada por eu ser louca pelo rei, né? Mas o que vocês não sabem é que eu detestava essa música de tanto que ela me fazia ouvir. Resultado: acabei gostando pela persistência kkkk

Nº 4 Everything I do, Bryan Adams

A primeira música que aprendi a tocar só pra agradar ela foi essa. Aprendi o solo, aprendi a dedilhar, aprendi o inglês… e ela nem ligou kkkkk Mas fica super feliz quando eu toco hoje em dia e a gente canta a noite toda se deixar. AH!! E ela diz que já teve um caso com ele, mas meu pai não sabe de nada, então vamos manter isso em segredo. kkk

Nº 3 Karma Chameleon, Culture Club

Keep calm and goooooooo hahaha Eu adoro essa e é bem a cara da minha mãe. Ela costuma se juntar com as amigas da época de pré adolescência e dançam como nos anos oitenta, eu me amarro, passo mal de tanto rir.

Nº 2 Good bye yellow brick road, Elton John

Meu sonho é ir num show do Elton com minha mãe e minha tia porque se tem algum cantor, além do MJ, que marcou minha vida por causa dela foi o Elton. Eu posso ouvir todos os cds dele que devo saber cantar pelo menos oitenta por cento. E essa é definitivamente uma das que mais gosto. Inclusive toco também, aprendi na pressão.

Nº 1 For whom the bell tolls, Bee Gees

Bee Gees é meu grupo musical preferido dentre os que Dona Ana escuta compulsivamente. E é assim desde que me entendo por gente. Escuto, toco, já chorei por causa de ex ouvindo, já usei de legenda pra foto, já mandei pro namorado, já fiz de tudo e com o fundo musical contando sempre com eles. Quando o Maurice morreu eu chorei. Quando o Robin anunciou que faria show aqui em BSB eu fiquei desesperada, venderia o rim pra ir facilmente. Mas ele ficou doente e morreu bem perto. Mas meu amor sempre foi maior pelo Barry, que falsete escroto!!!! E ele acabou de lançar um CD novo e está anunciando a nova tour… to acompanhando tudo pelo twitter dele na esperança de ver um #brazil, mas ainda não rolou. Então eu to sofrendo por antecipação com medo de não conseguir realizar esse sonho de infância. Gente, vocês não tem ideia!  Músicas do KLB (quando eles estouraram) eram versões em português dos Bee Gees… até a Sandy já fez isso. Ah! E você provavelmente conhece o maior sucesso da Celine Dion que também é deles. Não vou nem continuar falando deles aqui porque já to tagarelando demais.

Pra fechar esse post eu vou fazer uma indicação bônus só porque percebi (depois de quase uma semana pesquisando tudo isso) que tava faltando os reggaes. Então já peço perdão!!! Não desistam de mim. Aqui vai um reggae bomzão quatro e vinte pra você relaxar um pouco antes de sair do diário.

Beijo pra quem ficou até o final pra curtir todas as músicas e se quiserem passo todas as minhas playlists do Spotify num próximo post.

 

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s