Queira só quem transborda!

Nunca aceite pouco, nunca transborde perto de quem não quer e ainda te suga todas as boas coisas. Não permita que o mau humor seja maior que a vontade de ficar juntinho. Nunca dê espaço ao menos, ao pouco, ao negativo. Se quer amar, ame! Mas ame com força, ame com certeza, ame tão fortemente que seus planos serão ajustados aos da pessoa sem o menor esforço. Ame tanto que você conte os dias pra poder tocar a pessoa de novo. Ame com tanta paixão que existam silêncios porque os dois estão se querendo tanto que não conseguem mais falar o quanto se querem.

O que dói não é amar. O que dói é amar sozinho. Amar calado, amar estancado, amar amarrado… amar sufocado. Dói se doar e se perder nesse amor a ponto de nunca mais se encontrar. Dói ter que esquecer os sonhos bons porque o seu alguém não quer nem seu toque, nem seu beijo, nem seu amor. Dói quando não fazem mais questão da gente e aquele bom dia parece obrigatório. Dói quando o adeus te engasga, te faz soluçar, mas já não há nada que se possa fazer…

Amor não se recupera depois de perdido. Ou você ama, ou não. Não existe meio termo no amor, como também não existe tempo que faça ele renascer depois de esgotado.

Mas, por favor, não esgote o amor de ninguém! Porque amor esgotado reflete em coração sufocado. E tudo o que se sufoca uma hora cansa. Se não quer, não deixe ninguém amar sozinho. É melhor sofrer um pouquinho com a verdade que permitir questionamentos de erros nunca cometidos.

Agora, se quiser mesmo amar… então ame. Demonstre. Prove. Conforte. Ajude. O amor é paciente, é serviçal e suporta tudo. Suporta as diferenças, a distância, suporta doenças… suporta uma crise de ciúmes… suporta a raivinha besta, suporta inseguranças porque ajuda. Suporta pela paciência em ter a certeza de que aquela pessoa vale a pena.

Se não for para amar nem chegue perto de um coração. Se for pra ser passageiro, não deixe cartão de visitas para que não haja motivos para uma segunda procura. Porque pra amar tem que querer ficar. E só fica quem sabe a importância que é pertencer a alguém. Só fica quem conta as horas pra tocar seus lábios. Só fica quem também transborda!

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

2 comentários em “Queira só quem transborda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s