Acabou, sim. Mas não é o fim!

Acabou. Mais um ciclo que se fecha, mais um capítulo da vida escrito, mais um tempo aproveitado da forma correta ou não. Virão mais 365 novas oportunidades para realizar aquela sua lista de desejos, mais 365 novas chances para conquistar aquela pessoa, mais 365 novas chances para 365 coisas inéditas na sua vida.

A gente parece criança, né? Se acontece algo de errado ou muitos algos errados num certo período do ano, já o condenamos e esperamos ansiosamente o próximo como se fosse o único jeito de mudar tudo. Ficamos acordados esperando a meia noite como adolescentes com hora marcada para voltar pra casa contando até o último segundo de liberdade. Enquanto é só mais uma noite. A terra concluiu seu trajeto ao redor do sol. Nada muda!

Por isso o convite é para que todos os dias sejam vividos como se fossem esse dia 31. Que a gente se perfume, se penteie, se maquie, se vista da melhor forma como podemos, para nos sentir bem com nós mesmos, mas que isso se repita por todos os próximos 365 dias.

O nosso ano de 2016 acabou. Sim. Mas não é o fim!
Muita coisa acabou nesse ano para que muitas outras possam começar no próximo! Seja um novo emprego, uma nova casa, um novo filho, um novo amigo, um novo amor…

Nada é tão nosso quanto os nossos sonhos e a hora de correr atrás deles é hoje, é agora! Não é para o próximo ano, mesmo que o próximo ano seja em dois dias, amanhã, ou hoje… (quando você está lendo esse texto?)

Se permita ser livre. Se permita planejar, sonhar, errar e aprender!
Nada acontece na nossa vida por acaso! Nada termina ou começa sem motivo! Você já refletiu sobre a razão para isso tudo que lhe aconteceu nesse ano ter acontecido contigo?

O ciclo está reiniciando.
Não seja a mesma pessoa que sempre foi, seja melhor… o melhor de você!
Seja o melhor de você para atrair coisas e pessoas ainda melhores! Porque você merece. Não se engane, você merece sim.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s