Leve como hortelã

wp-image--2060136417

O sabor forte e único daquele maço de hortelã, que trouxestes outro dia, ficou completamente gravado em minha memória. O chá, feito para amenizar minhas dores, era muito mais que apenas remédio caseiro… era o gesto de amor mais simples que recebi e me senti tão bem que a dor passou só por isso.

Sabe, em alguns momentos da vida nós chegamos ao ponto de crer que não merecemos as melhores coisas por não nos enxergar como seres especiais. Se alguém muito incrível aparece nós sempre fugimos, renegamos, não damos uma chance! Como se fôssemos condicionados à infelicidade só porque​ a “merecemos”.

Eu pensava assim sobre mim.

Há quem se engane, mas o simples é o que alegra a alma! Um até amanhã, um beijo na bochecha, um chá ou até mesmo um sorriso é que alegra a alma. E você sabe alegrar a minha.

É que sabes o que me cala e me surpreende, ainda mais nessa rotina louca de trabalhos, escritos, bloqueios criativos. Um boa noite, carregado de sono, com voz embargada e rouca é o que descansa meus músculos tensionados da cadeira do escritório.

Você é o meu chá de hortelã, também! Sim, vou te comparar a ele. Porque não há nada que nos represente mais que esse singelo, leve e refrescante chá. O cheiro, teu, também preenche a casa, que é meu corpo, emana frescor e delicadeza que carregas. Teu doce é leve e não me agride o paladar, não me insultas e nem atormentas, mas faz com que encontre fortaleza em teus braços, suficientes para ser frágil e insegura.

tumblr_m9xycbi6b01qc0i43

E sendo frágil sou pura, tua crua carne. Sou morada do teu amor que amanhece certo, sou o colo pro teu desespero e cura para as tuas dores, como és para mim, também. Me faz brotar alegria onde não há e me tira os males porque para ti quero ser o meu melhor.

Me faço mulher para te amar e consigo lhe doar tudo o que é possível, preciso e belo.

Alguém precisava aparecer e apontar os defeitos, que eu achava ter, como qualidades, necessitava ouvir alguém dizer que o meu jeito de pensar era bacana ou interessante e não apenas dizer que era um monte de merda, por mais inúteis que sejam. Alguém tinha que concordar que alguns nomes que eu desejo pôr nos meus filhos são bonitos, isso é importante também!

Alguém tinha que ser tão esquisito quanto eu, ter os mesmos gostos peculiares para coisas únicas, ser tão teimoso quanto fosse possível, me encher de dúvidas sobre coisas que sempre tive certezas só pra me obrigar a repensar tudo por outros olhares… Eu precisava muito de você, e eu preciso mesmo.

Tenho certeza que houve um encontro de almas, uma paixão pelo intelecto, um tesão por fazer o outro rir… Se eu acreditasse em outras vidas diria que nos reencontramos, porque não tem como explicar essa sintonia que parece ser tão natural quanto o respirar.

Espero tomar esse chá diariamente para curar dores no estômago (de nervoso), cólicas, gripes ou apenas curar a saudade do teu corpo quente, colado no meu, que me esquenta nos dias mais frios, esquentando meu corpo por dentro. Sentindo o aroma leve e carinhoso dessa hortelã me sinto um pouquinho mais perto de você, mesmo não estando completa com isso. Então trate de vir logo me buscar!

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s