Recado àquele ser que não desce mais.

Me desconstruíram e me fizeram sentir que nada sou, retiraram minhas forças por apontarem defeitos que tenho como problemas para um convívio social… como se a culpa das coisas não darem certo fosse minha, por minha personalidade. Quê?

Tenho um recado para você:

Vá se fuder!

Que a culpa de nada dar certo é sua, por tua forma de pensar julgando os outros, se achando superior, se achando perfeito, se colocando num pódio de concreto e se estabelecendo o maior dos homens que habitam nesta terra. Cara, existem mais de SETE BILHÕES DE PESSOAS no mundo e com toda certeza, se pelo menos uma parte delas for melhor que você já temos metade da população para compensar esse erro que és.

0c274af04818ded75fcba4246a35a731

O que tens feito para melhorar a vida de quem está próximo a ti?

Seja humilde para admitir seus erros, inteligente para aprender com eles e maduro para corrigi-los.

Estive me analisando, me coloquei em tópicos e vi todas as coisas que são boas, que admiro, que nunca percebi ser, que quero mudar e melhorar. Percebi que as coisas que apontavas em mim são qualidades que, por sempre ser criticada, nunca dei valor.

É como diz Clarice, até cortar os próprios defeitos pode ser perigoso, porque nunca se sabe qual é o defeito que sustenta nosso edifício inteiro. Me diga, posso cortar tudo o que criticas só porque pensas ser errado?

Desculpe a grosseria e objetividade, mas me trouxestes sofrimento e pensamentos ruins sobre mim mesma que nunca tinha pensado ou sentido. Doeu ouvir teus julgamentos e doeu mais ainda por serdes a pessoa que confiei em partilhar tantas coisas, parte da vida e até mesmo sonhos. É como se eu realmente não pudesse confiar em mais ninguém!

QUE ABSURDO!

Acredite em você, no poder do seu encanto, no seu Eu. Você tem qualidades que são só suas, detalhes, manias, segredos que são inteiramente seus. Faça de todos eles sua arma de fogo, um gatilho para alavancar a autoestima e ter sua alma ainda mais completa.

Não me importo que tenhas decidido ir, mas me revolto por me deixar um buraco de questões não resolvidas, perguntas sem respostas e ânsia de mudança, mal sabia eu que era melhor assim… que era eu quem deveria dar valor a mim. Me tratar como prioridade, como especial, como alguém que merece ser feliz ao invés de me preocupar em fazer outros felizes.

Precisava entender que a alegria que era exportada deveria permanecer, que meus sonhos deveriam ser apenas meus já que nunca quisestes sonhar comigo. Que eu deveria me apelidar carinhosamente já que nunca fizestes isso… mas afinal, me pego pensado, porque diabos estou recordando de ti que só me trouxe mal?

Ah dá licença!

24f57a1b6eca2435ab7b16084be76301

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s