Seque essa garoa, mas me hidrate…

É como um grito preso na garganta.
No peito palpita um nó.
Vontade de nunca mais sentir algo.

Lágrimas escorrem pelo rosto cheio de medo, a solidão durante a noite nos obriga a enfrentar o silêncio que sempre carrega os argumentos que doem e os dedos que julgam não sermos bons. Fingindo estar bem, se vestindo dignamente, gostando de estar anestesiada, a vida segue… mas não aguento.

Ninguém avisou dos perigos, ninguém me preparou… Busco constante me encontrar, mas só eu carrego tudo o que busco, falta de sorte conseguir enxergar isso.

O que é ser feliz? O tempo vem, cansa o peito, fadiga a mente, questiona a alma.

Tudo bem.

Mas e se eu não for quem penso? E se encontrar outro alguém em mim, alguém que sempre pensei ser e não sou? Como o homem pode ter chegado a lua, a Marte… E eu não saber quem sou? Convivo comigo mesma a anos e não me conheço, como devo confiar nas pessoas que também não conheço?

Perpetua a alma, cansaço que paira, orvalho que seca com os raios do sol… meus olhos secam, as lagrimas petrificam meu rosto. Onde estou? Me perco dentro de mim mesma, me desconheço, é desconexo, não faz sentido. Que sentido deveria ter?

Ninguém enxerga essa sensação, ninguém a entende, ninguém avisa… isso chegou aqui e o nó que deu em meu peito se endurece mais e mais, o tempo piora tudo. Não quero mais. Abandonei tudo o que pensava, desisti de tudo o que sonhava, não me reconheço. Perdida, não sei para onde ir… como prosseguir?

Perguntas que não respondo.
Dores que não se curam.
Medo sem motivo.
Esquecimento, do amor.
Que tive.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s