Receita: Como se apaixonar em 50 minutos

Desde os primórdios da humanidade que o sentimento entre pessoas é o ponto alto da vida, aquele desejo de todos que se rebelavam contra os casamentos arranjados e, principalmente, após o surgimento do romantismo.

Como falei no post da última semana, o termo amor é muito sonhado, algo tão montado que parece ser impossível. Para provar isso, trouxe esse achado lá do portal Nexo que me deixou refletindo muito.

O psicólogo social Arthur Aron, da Universidade Estadual de Nova York, desenvolveu e publicou um estudo, em 1997, que afirmou ser possível fazer duas pessoas se apaixonarem em menos de uma hora. Ele mesmo fez parte dos testes e comprovou que é possível sim!

São três blocos de perguntas pessoais em ordem crescente de intimidade que devem ser respondidas em 45 minutos, seguidas de cinco minutos em silêncio enquanto os dois se olham nos olhos.

Não me surpreendeu muito, já que tenho uma teoria de que amamos aquilo que conhecemos e essas perguntas são muito pessoais. Acho que a empatia é tão rápida quando as respostas vem que a paixão é inevitável. Agora, se vai durar ou não é com você que tentará! Porque não basta abrir o coração para a sinceridade e não estar preparado para mantê-lo assim.

Já que eu gosto do desafio, deixo lançado aqui para todos nós, loucos leitores, as perguntas a serem respondidas. Me digam se funcionou mesmo, tá?

1º Bloco

Podendo escolher qualquer pessoa no mundo, quem você convidaria para jantar?

Você gostaria de ser famoso? De que maneira?

Antes de fazer uma chamada telefônica, você já ensaia o que vai dizer?

O que constituiria um dia “perfeito” pra ti?

Quando foi a última vez que você cantou para si mesmo? E para outra pessoa?

Se você fosse capaz de viver até os 90 anos e manter a mente e corpo dos seus 30 pelos últimos 60 anos de sua vida, qual dos dois você escolheria?

Você tem um palpite secreto sobre como você vai morrer?

Nomeie três coisas que você e seu parceiro parecem ter em comum.

Pelo que em sua vida você se sente muito grato?

Se você pudesse mudar alguma coisa sobre a maneira como foi criado, o que seria?

Em quatro minutos, diga ao seu parceiro sua história de vida com o máximo de detalhes possível.

Se você pudesse acordar amanhã e ter ganho qualquer qualidade ou habilidade, o que seria?

2º Bloco

Se uma bola de cristal pudesse lhe dizer a verdade sobre si mesmo, sua vida, o futuro ou qualquer outra coisa, o que você queria saber?

Existe alguma coisa que você já sonhou em fazer por um longo tempo? Por que você não fez isso?

Qual é a maior realização da sua vida?

O que você mais valoriza em uma amizade?

Qual é a sua memória mais querida?

Qual é a sua memória mais terrível?

Se você soubesse que em um ano iria morrer de repente, você mudaria alguma coisa sobre a maneira que está vivendo agora? Por quê?

O que a amizade significa para você?

Qual o papel do amor e da afeição na sua vida?

Alternadamente, compartilhem algo que vocês consideram uma característica positiva do seu parceiro. Compartilhem um total de cinco itens.

Quão próxima e afetuosa é a sua família? Você sente que sua infância foi mais feliz do que a maioria das outras pessoas?

Como você se sente sobre seu relacionamento com sua mãe?

3º Bloco

Façam três declarações verdadeiras contendo a palavra “nós” cada. Por exemplo, “nós dois estamos nesta sala sentindo”.

Complete esta frase: “Eu gostaria de ter alguém com quem eu pudesse compartilhar”.

Se você está a caminho de tornar-se um grande amigo do seu parceiro, por favor, compartilhe algo que seria importante para ele ou ela saber.

Diga ao seu parceiro o que você gosta sobre ele ou ela; seja muito honesto, diga as coisas que você não pode dizer a alguém que acabou de conhecer.

Compartilhe com seu parceiro um momento embaraçoso em sua vida.

Quando foi a última vez que você chorou na frente de outra pessoa? E sozinho?

Diga ao seu parceiro algo que você já gosta nele ou nela.

O que, se existir alguma coisa, é grave demais para se fazer piada a respeito?

Se você fosse morrer esta noite sem nenhuma oportunidade de se comunicar com qualquer pessoa, o que você mais se arrepende de não ter dito a alguém? Por que não disse?

Sua casa, que contém tudo o que você possui, pega fogo. Depois de salvar seus entes queridos e animais de estimação, você tem tempo para salvar com segurança qualquer item. O que seria? Por quê?

De todas as pessoas da sua família, qual morte seria mais perturbadora para você? Por quê?

Compartilhe um problema pessoal e peça o conselho do seu parceiro sobre a forma como ele ou ela lidaria com isso. Além disso, peça ao seu parceiro para dizer para você como você parece estar se sentindo sobre o problema que você escolheu.

A fonte das perguntas é do Folha Uol.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s