Você se conhece?

Outro dia me perguntaram como estava a vida de solteira, respondi que estou aprendendo a ser e estou amando. É, percebi que nunca passei mais que seis meses solteira (esse marco está quase sendo atingido e já estou nervosa por não querer outro relacionamento). Engraçado notar isso sendo eu a mulher que mais se apaixona haha

Vocês já passaram por isso? De ter medo de si por não se conhecer em certos aspectos?
Eu me conheço bastante, mas ainda não cem por cento. Tem sido uma experiência ótima. Ouvir músicas novas sem ligá-las a ninguém, ir a qualquer lugar a qualquer hora sempre que tiver vontade e quando não tiver, ficar em casa. Isso tem sido tão libertador!

Andar por aí, a pé, e ficar observando os detalhes da vida nas outras pessoas e paisagens. Tenho olhado mais o céu sem aquele ar apaixonado de quem pensa em alguém. Fazia tempo que não me permitia assim.

Tenho estado mais focada em várias coisas, acho que sentiram isso aqui. Não ando perdendo tempo e meu entusiasmo tem sido com outras coisas, as quais não me ligava tanto. Venho me sentindo mais forte, mais empoderada… engraçado isso, não? Como se a presença de alguém me fizesse ser menos forte. Também percebi que ando olhando mais para as pessoas a minha volta, sem medo, sem insegurança, apenas olhando. Ato normal, né? Bom, nem tanto.

Conversamos muito sobre amor, sobre se apaixonar e os tantos romances, mas pouco sobre nós mesmos. Ando com tempo para olhar pro meu interior, melhorar algumas coisas por mim, não para alguém. Vem nascendo uma nova pessoa que não está ligada a ninguém, não se inspira em ninguém e nem tenta ser quem não é. Isso é muito gratificante porque passamos uma vida inteira tentando nos adequar ao lugar e às pessoas que convivemos, quando percebemos que não deve ser assim, é tarde e já nem sabemos mais quem somos.

Você sabe quem você é? Eu ando me descobrindo!

(isso poderia ser um publi, mas ninguém tá me pagando haha)

Encontrei uma ferramenta muito boa que me ajudou a me conhecer mais profundamente. O Na Prática é um site que levanta resultados por meio de testes sobre sua personalidade em cinco pontos principais, o Big Five. Existe um estudo que prova esses cinco pontos serem tão importantes. O meu resultado foi super interessante… realmente me conheço bastante, porque já sabia de muitas coisas, mas em alguns pontos houve novidade.

Esses cinco pontos são:

EXTROVERSÃO
Gosta de estar na companhia de outros e tem energia de sobra. Trabalha bem em grupo e se envolve profundamente com o mundo exterior.

ESTABILIDADE
Tende a ser tranquilo e pouco suscetível a mudanças emocionais. Reage de maneira calma em situações de ansiedade, risco e pressão.

AGRADABILIDADE
Tende a ser compassivo e cooperativo. Valoriza ter uma boa relação com os outros e possui uma visão otimista da natureza humana.

CURIOSIDADE
Tem interesse em coisas e assuntos desconhecidos e está aberto a novas experiências. É adepto da criatividade e se envolve em discussões abstratas.

DILIGÊNCIA
Tem autodisciplina e é orientado para cumprir deveres e atingir objetivos. Gosta de planejamento e organização e se dá bem com prazos e metas.

Eles trazem os resultados em forma de pontos e compara-os com resultados “normais” ou “exemplares”.

Em diligência, eu fiquei super abaixo da média de grupos, com 0,8 (média 2,5). Sempre soube que era desorganizada, mas ainda foi tenso ler isso rs

Em estabilidade também houve resultado abaixo, o meu ficou em -1,3 sendo 0,9 a média. “Você tende a ser mais responsivo a fatores externos e a pressão. Pode ter sentimentos mais extremos e se envolve mais nas suas atividades de forma emocional.” Sim, eu sou muito isso mesmo! :O

Já em curiosidade meu resultado (4,3) foi quase o dobro da média (2,7). Isso eu também já sabia… vocês conhecem blog tão misto em assuntos como o meu? Eu não haha (por falar nisso, já leram nossa matéria sobre política, né?)

Em extroversão e agradabilidade fiquei com pontuação dentro da média, mas achei a segunda descrição muito interessante (de tão verdadeira). “Provavelmente, para você, ir muito direto ao ponto pode parecer rude demais, mas nem sempre podemos agradar a todos. Assim sendo, provavelmente você parece rude em alguns momentos e muito leve em outros.” Essa descrição resumiu muito quem eu sou e os conflitos que tenho com quem muito amo, porque pareço ser super grossa, mas só estou sendo sincera e sem rodeios.

Interessante, né?

Te aconselho a fazer o teste também, ajuda muito a nos conhecer.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s