Acho que vou tirar uma soneca

Antes tudo se revolvia com uma soneca, sabe? Dava aquela dorzinha de cabeça após a aula e, antes, de fazer a lição de casa, tirava um cochilo e tcharam; suas dores foram resolvidas. Parece que quando a gente é criança fica tudo mais fácil. Até mesmo quando a gente se chateava com alguém, era só dormir que tudo parecia melhorar. Dia novo. Vida nova.

Dia desses passei por uma situação de muito desconforto, estava tão cansado que decidi apenas ficar deitado no tapete da sala. Por final, acabei pegando no sono. Acordei na madrugada meio perdido sem saber onde estava e porque havia caído no sono, bem ali, no tapete. Mas a resposta ainda não está aqui. Após me certificar de onde estava, lembrei de tudo que havia passado no dia. E, nossa, outro cansaço. Desta hora em diante não consegui mais dormir.

Têm sido assim. A vida tem sido assim. As coisas não passam mais após a soneca. Sejam ela boas ou ruins. Até mesmo porque tem dias que não conseguimos dormir seja por muita alegria ou muita tristeza. Nossas emoções estão sempre martelando nossa cabeça. Nossos sentimentos mal resolvidos, por exemplo, vez ou outra nos topam em alguma esquina. Aí já era a soneca.

To entendendo mais esses rolês da vida agora, saca?! (Bem que me disseram que cada um tem seu próprio tempo). Tudo mudou. Ao redor as coisas mudaram e mudam a cada dia, tenho medo, inclusive, de não conseguir acompanhar. Se por fora tudo mudou imagine por dentro. O sono nem é mais tão frequente para curar todas as “feridinhas” que aparecem.

Por fim, tão importante, agora é saber resolver tudo antes de se deitar. É procurar saber aonde foram os erros do dia, tentar esclarecer as coisas no seu interior, ali, sozinho no quarto, tendo por companhia somente seu livro de cabeceira. É hora de se perdoar. Se for preciso anote todas as suas conquistas diárias. Isso vai te ajudar a dormir e acordar de um modo novo. Afinal, hoje, para que a soneca seja em paz, é o inverso da infância. E, ainda assim, isso não é sinônimo de cobrança. Se não conseguir resolver tudo, se deixe levar pelo cansaço, vai que é seu dia de sorte e a soneca lhe tire o peso dos ombros.

Texto: Tiago Brito

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s