Lua nova é teu sorriso

“Era a nuca que me prendia o ar, me cessava os pensamentos e me fazia ficar imóvel. Os ombros de fora, descobertos da camisa branca de listras que eu tanto amo, denunciavam aquela nuca. Ah! Tão cheia de poderes sobre mim… “