sobre tua covardia e como não queremos homens melindrosos

De todos os problemas do mundo, a covardia era a que eu menos esperava de ti, o corajoso que venceu a minha persistência em te dar uma chance. Me senti como um prêmio que você coloca na estante depois de muito trabalho para conseguir conquista-lo, mesmo que essa nunca tenha sido sua intenção. Eu sei que não.

Não foi a primeira vez, mesmo que minha resistência tenha existido justamente por isso. Esse foi o motivo pelo qual eu cansei, esgotei meus sentimentos e minha mente quer evitar todos os que possam vir a existir. Quero mesmo que você carregue o peso de tanta dor que me causou, mas para que perceba que a covardia não traz benefícios a ninguém.

Espero que não confundas isto com rancor, acho que nem a mágoa se encaixa. Ao invés disso, eu fico chocada e indignada com a atitude que escolhestes porque não parece, nem de longe, o cara inteligente que conheci.

Ainda tem uma parte dentro de mim que esperava ver você voltar atrás, na mesma medida em que sempre houve uma parte minha que sabia que não farias isto por orgulho.

A perfeição sempre foi seu ponto principal, sua conquista moral, seu maior desejo. Tu sempre quis ser o filho perfeito, o amigo impecável, o irmão que pode substituir os pais… tudo o que viesse contra isso te faria desistir. Acho que te provei não ser perfeito quando notou ter ciúmes, quando passou a reclamar de coisas pequenas e, de repente, encontrou um novo você.

Talvez eu venha de uma sequência de decepções e estou a descontar em ti, não nego a possibilidade, mas talvez, e acho mais provável, devo ter depositado as minhas últimas esperanças num nós que era mais instável que qualquer outra coisa.

Me apeguei a esta ideia e não quis aceitar por não ter dado certo, e tudo bem, estou aprendendo a lidar com isso… talvez ainda demore um pouco mais, porém espero que tenhas a certeza do teu papel nisso tudo para que, nos teus próximos passos, se esconder atrás de uma mulher decidida não te deixe inseguro e não tragas sofrimento a ela, que pode perder tudo o que demorou muitos anos para conquistar, como a confiança em si.

Homens costumam fazer isso com frequência, é tão mais fácil a gente achar que o erro é todo nosso, quando não é. Não faça isso de novo, com nenhuma outra mulher. E pare de se esconder nessa covardia, a gente precisa de homens fortes e sábios, não dos melindrosos.

Anúncios

Escrito por

♦ Brasiliense com sangue do Pará, amante de moda, culinária, cinema e música. Sonhava em ser bióloga marinha, mas vem se provando mais jornalista do que achava. Escreve menos do que sua mente produz, mas a memória deixa a desejar. Curiosa e repórter, então saiba que tudo o que disser poderá se tornar texto novo. E se a encontrar, prove seu abraço... dizem ser o melhor do mundo. ♦

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s