Sobre esperas, recompensas e conquistas

Em algum momento me encontrei bem comigo mesma, minha companhia se tornou prazerosa. Isso soa estranho, já que deveria estar mais do que acostumada, mas quando nova, desejava alguém para me acompanhar em todos os lugares que quisesse ir. Minha solidão trazia pensamentos ruins, trazia confusões e medos, eu não queria sentir aqueles medos.

Não sei em que ponto da minha vida isso acabou, apenas encontro-me em paz com minha existência. Enxerguei minhas qualidades e decidi ressaltá-las internamente. Meus pensamentos, agora, trazem apenas a paz.

calo minhas vozes
calo minhas dores
meus pés não têm mais calos
e os medos
se vão pelo ralo

E o ralo já não me peneira, eu que expulso o que ele suga, essa decisão é completamente minha. Pontuo minhas conquistas como quem venera a vitória porque eu consegui. Consegui me livrar dos fantasmas que carreguei por vinte e tantos anos… ah, que demora recompensadora… que vitória! Que conquista!

E que demora.
Mas sinto que a espera, a persistência e o foco, me trouxeram recompensas. Agora, trabalho duro sem reclamar, sem achar os obstáculos tão ruins assim.

Eu só precisava de vitórias para entender como a vida funciona. Agora que peguei o jeito, talvez melhore nessa caminhada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s