A intimidade pode acontecer rápido?

Sempre fui a moça mais aberta a relacionamentos dentre minhas rodinhas de amigas. Muitas não entendiam como eu conseguia conhecer tantos caras e manter amizade com eles, ou até desenvolver um relacionamento. De fato, sempre tive facilidade em conhecer mais profundamente as pessoas e, daí sim, ter algum relacionamento.

O detalhe nisso tudo é que eu sou muito curiosa. Primeiramente, amo conhecer pessoas novas, descobrir o universo que cada uma carrega e partilhar ideias, pensamentos, certezas… as minhas melhores amizades surgiram de maneira aleatória. Tenho um amigo em cada canto que já pisei, mesmo não tendo uma ligação com outros amigos, logo é raro eu manter rodas de amigos.

Acredito que a intimidade surge conforme você consegue construir uma confiança em alguém. Não gosto de manter desconfianças, prefiro me abrir com as pessoas e, caso aconteça, descobrir depois se a pessoa agiu com respeito. Isso porque prefiro que me conheçam antes de tudo.

Lembro que um dos meus namoros começou justamente por essa abertura e “colher de chá”. Em conversas afloradas sobre as visões de mundo, sonhos de infância, nunca tive medo de compartilhar minha vida com ninguém. A partir disso, percebi que ligações foram criadas entre nós, o que facilitou o início de uma amizade tão rápida.

A partir do momento em que você se abre mais intimamente sobre quem você é e como pensa com alguém, que partilha do mesmo, você cria uma relação de intimidade instantânea porque há um espelhamento, um reconhecimento de dois iguais. Não que seja com tudo, mas os pontos em que há essa conexão é onde a intimidade se firma. Pode ser em amizades ou relacionamentos amorosos.

Quando começo a conversar com alguém, tento encontrar pontos em comum para quebrar o gelo. No momento em que os assuntos continuam levando a outros e as frases estão longas o bastante para que a conversa não termine, percebo se há interesse mútua. Quando as conversas perduram vários dias e os encontros causam cada vez mais ansiedade, é possível ver uma maior intimidade. Contudo, ainda não chega a ter liberdade.

Aqui entra outra coisa relevante: a liberdade. Você (mulher, principalmente) não precisa ter medo de falar ou agir de alguma forma que “diminua” sua feminilidade. O que te torna mulher está muito distante do que aprendemos sobre trejeitos, roupas, maquiagens… ser mulher é ser forte e nenhum homem deve se intimidar com isso. Então, eu diria que quanto mais real você é e quanto mais forte você se demonstra, de forma atraente acaba criando ainda mais intimidade. Veja bem, intimidade é o mesmo que liberdade, você as apresenta. E com intimidade não estou falando de corpo, de sexo, mas de conhecer.

A intimidade sexual pode ser conquistada de várias formas, não pontuaria porque acredito ser de cada pessoa. Mas quanto menos inibida você é, quanto mais verdadeira e entregue realmente ao parceiro, mais intimidade você tem com ele.

No final das contas, a intimidade acontece na velocidade que você permite. Está inteiramente ligada à sua liberdade e atitudes, está na sua fala e no seu agir. Não deve ser lei e nem obrigação. Só a dê a quem você sentir que merece desbravar esse universo todo que você é e nunca, de maneira alguma, deixe que sua liberdade seja controlada. Você quer ser livre para poder se permitir conhecer tanto o outro que a intimidade passa a ser natural. Afinal, daqui um tempo você já fala coisas parecidas que ele costuma falar, ou mexe nos óculos do mesmo modo… ou é surpreendida com ele segurando o copo do mesmo jeito que você faz. Porque há tanto entre vocês que o reflexo de um no outro é inevitável.

Autor: Aguida Leal

Olá, meu nome é Águida Leal, tenho 26 anos e criei esse blog para compartilhar minha visão romântica da vida. Minhas paixões me guiam a momentos únicos e percebi que as pessoas gostam de ler sobre cada experiência romântica que a vida me dá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s