o flerte na quarentena

Já pensou que louco seria a gente se encontrar virtualmente, porque é só o que nos permitem nesse momento, sem querer? Desses encontros por hashtags em aplicativos… a gente começa a seguir o outro, curte todas as fotos mais antigas -de pelo menos 4 anos atrás, troca mensagens por directs até chegar ao zap?

Sem perceber, conversamos durante horas… viramos a madrugada… passamos a saber tudo sobre o outro. O que você gosta de comer? Filme favorito? Como está a sua saúde mental nesse momento maluco em que sair de casa nem é opção?

Em uma semana nos apaixonamos.

Ficamos tão vidrados um no outro que nem ligamos mais para o que o coiso fala na tv. A gente começa a rir, e nem é só de desespero, quando mais um ministro da saúde renunciar antes de assumir o cargo.

Começamos a planejar nossa mudança para um país sem esse vírus doido, um desses que já venceram e não tem novos casos há dias…

E de repente, mas não tão de repente, a gente se distancia.

Sem mensagens.

Sem novidades.

Músicas tristes.

Mais bobagens sendo ditas na tv e mais gente renunciando cargo importante.

Cadê você?

Autor: Aguida Leal

Olá, meu nome é Águida Leal, tenho 26 anos e criei esse blog para compartilhar minha visão romântica da vida. Minhas paixões me guiam a momentos únicos e percebi que as pessoas gostam de ler sobre cada experiência romântica que a vida me dá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s