É que às vezes, a insatisfação bate na porta

Eu não sei se acontece somente comigo, ou com vocês. Tem hora que bate uma frustração, um desespero, e eu tenho certeza que é pelo excesso de pensamento futuro, ou até pelo passado.

Aqueles pensamentos duvidosos, se eu vou conseguir “vingar na vida”, como diz minha mãe, que é a mesma coisa que conseguir se sair bem na vida, ou ser realizado em vários aspectos.

E com todo esse turbilhão de duvidas e pensamentos a gente esquece de viver o presente, e a atual fase, isso é desconfortável e claro, machuca.

E um conselho que eu eu devo a vocês e que primeiro eu digo a mim mesma, – foca no que está fazendo agora- , seja em uma conversa com um amigo, ou em seu copo com água, enfim. Faça o melhor agora e trabalhe com a aceitação. “Estou nessa circunstância agora, mas estou trabalhando duro para que ela mude”.

Porque a aceitação não é engolir a situação e fingir que está tudo bem, na verdade a aceitação é encarar, e se convencer que de fato que não está tudo lindo, porém no momento, você já está fazendo o melhor, falando para si mesmo que nós não temos controle sobre tudo. A vida é uma constante não linear.

Autor: Pormenores da Preta

Me chamo Paloma, mais conhecida por Pamis. Nasci aqui em Brasília, mas meu coração é de andarilho. O meu amor pelos pormenores é incrível, porque os detalhes sempre se fizeram presentes na minha vida! Então escrevo crônicas, poesias, sobre coisas da alma, e quem escreve sabe, algumas inspirações vem em dias sombrios

Deixe uma resposta