Eu gosto de você, mas gosto mais de mim

Quem é que nunca falou isso para alguém? Talvez por orgulho, ou decepção. Mas seja lá o que for, essa frase tem muita verdade.

Acredito eu que, quem quer a gente por perto vai atrás, conversa e tenta resolver as questões que estão pendentes. A gente não precisa se humilhar ou até mesmo se diminuir para caber no mundo do outro. Isso não é justo, nem com o outro muito menos com você.

Eu gosto de você, mas gosto de mim. Essa frase é tão universal que se encaixa para amizades e relacionamentos amorosos. Pode usar sem moderação, claro, na hora certa.

Às vezes a gente fica tentando fazer alguém permanecer, mas você já observou se permanecer é o que a pessoa realmente quer?

Eu te falo, com toda a sinceridade e compassividade que tenho, para olhar os seus relacionamentos e analisar as pessoas têm ficado na sua vida porque querem, por espontânea vontade ou por pressão por dó e pena.

Porque se for a segunda opção, deixa ir, mesmo que não queira. A vida segue.

E junto com ela, vamos seguir sempre, porque você pode até gostar daquelas pessoas, mas o seu amor próprio supera qualquer amor. Tem que ser assim, será assim.

Autor: Pormenores da Preta

Me chamo Paloma, mais conhecida por Pamis. Nasci aqui em Brasília, mas meu coração é de andarilho. O meu amor pelos pormenores é incrível, porque os detalhes sempre se fizeram presentes na minha vida! Então escrevo crônicas, poesias, sobre coisas da alma, e quem escreve sabe, algumas inspirações vem em dias sombrios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s