Notas sobre ele: Pedro

Há timidez em sua forma de enxergar o mundo. Ele sabe bem o que quer mostrar, mas raramente sabe como. Costuma ter os olhos mais bonitos e intensos, ainda que delicados. Transmite doçura, transmite a sensação de casa. Ele é a calmaria, a sensibilidade e a força.

Por mais que tenha um jeito fechado, ele adora estar com muitas pessoas a sua volta, principalmente família. Quando não são seus irmãos, primos e avós, são seus amigos – escolhidos a dedo – que enchem sua casa. Ele gosta de muita gente, gosta de rir com todos.

Ele parece ser rocha, parece ser impenetrável. Assim como seu nome diz, uma pedra. Dificilmente dá o braço a torcer, dificilmente volta atrás. Mas sabe ouvir. Prefere se calar que causar desconforto. Ele ouve, mas a teimosia é a prova de sua forma dura e difícil de mudar.

Mesmo assim, ele é um poço de calmaria. Suas confusões ficam guardadas para si até seu limite. E ainda que se esgote, ele não consegue ser direto. Como quem não sabe se expressar muito bem, prefere evitar.

Pedro ama, se dedica, é fiel. É o melhor parente, o melhor amigo, o melhor amante. Escuta, respeita e tenta não ser cruel. Pedro é rocha, mas é a rocha que transmite paz e gratidão.

Todas precisamos de alguns Pedros por perto.

Autor: Aguida Leal

Olá, meu nome é Águida Leal, tenho 27 anos e criei esse blog para compartilhar minha visão romântica da vida. Minhas paixões me guiam a momentos únicos e percebi que as pessoas gostam de ler sobre a vida.

Deixe uma resposta