20 fatos sobre Ceilândia

Hoje é dia de 20 fatos sobre Ceilândia, uma das Regiões Administrativas mais importantes e conhecidas de Brasília. Ceilândia é a maior RA, considerada por muitos como o coração do DF. Ressaltando a alegria do povo ceilandense, a marca nordestina presente na cidade.

Sendo assim, reunimos 20 fatos curiosos sobre a cidade. Veja só:

  1. A cidade foi criada como forma de afastar a população das “favelas” localizadas no  Planalto Central para lugares mais afastados do centro.
  2. A sigla CEI, que significa Campanha de Erradicação de Invasões, junto à palavra “lândia” que significa cidade, formaram o nome da cidade satélite do Distrito Federal.
  3. Reconhecida por ser o abrigo dos nordestinos no DF.
  4. A cidade tem como características principais os elementos típicos desta cultura.
  5. A Feira Central, é denominada como recanto dos nordestinos.
  6. Nela são oferecidas desde vestimentas até comidas típicas do nordeste.
  7. Casa do Cantador é um dos grandes orgulhos da cidade.
  8. Ceilândia é a única cidade do DF que conta com um monumento arquitetônico de Oscar Niemeyer, além do Plano Piloto.
  9. Ceilândia é jovem, multicultural e palco para a força de expressão da cultura Hip Hop.
  10. É possível observar as manifestações do Hip Hop representadas nas inúmeras paredes grafitadas.
  11. A primeira vez que um ônibus fez a linha Ceilândia-Plano Piloto foi em 28 de março de 1971, um dia após a chegada da primeira família.
  12. Era um coletivo da TCB e o preço da passagem custou 60 centavos.
  13. A primeira coleta de lixo foi feita pelos garis Sebastião José Lourenço, Armando Campos Sobral e Antônio da Silva Sobrinho, em 31 de março.
  14. Em 02 de abril de 1971, nasceu de parto normal o primeiro ceilandense, Clébio Danton Melo Pontes, filho de Maria Eliete de Melo Pontes e Manuel da Ponte.
  15. Clébio se chamaria Ceilândio, mas graças a interferência do assistente social, Reinaldo Pitanga, o pai do menino mudou de ideia.
  16. Em nove meses, a transferência das famílias estava concluída, com as ruas abertas em torno do projeto urbanístico de autoria do arquiteto Ney Gabriel de Souza.
  17. Dois eixos cruzados em ângulo de 90 graus, formavam a figura de um barril.
  18. A cidade foi dividida originalmente em quatro grandes áreas: Ceilândia Norte, Ceilândia Centro, Ceilândia Sul e Guariroba
  19. A caixa d’agua é o grande símbolo da cidade.
  20. A caixa d’agua representa a luta dos primeiros moradores que foram transferidos para a nova cidade que faltava tudo.
  21. Bônus: Ceilândia é considerado o maior reduto do Nordeste de todo o DF já que 48,33% dos moradores são nordestinos, a maioria do Piauí, Bahia, Maranhão e Ceará.

Deixe uma resposta