Mini Documentário produzido na periferia de Brasília é selecionado para a Mostra (Em) Curtas

Festival colaborativo conta com seis estados brasileiros, é organizado por universidades públicas e privadas e conta com curta produzido no DF

Um mini documentário produzido por moradores de Ceilândia e Taguatinga, cidades que se encontram na periferia de Brasília, quebrou barreiras e está entre os selecionados na Mostra [Em] Curtas.

A Mostra [Em] Curtas é um festival 100% colaborativo, feito por e para cinéfilos e cineastas de todo o Brasil. É um projeto realizado desde 2020 com o objetivo de exibir, divulgar e discutir conteúdos cinematográficos produzidos durante a pandemia. O evento é organizado por estudantes, professores e profissionais da área audiovisual de seis estados (MG, SP, RS, SC, CE, RJ) de diversas universidades particulares e públicas do Brasil.

Esse ano, o curta que receber mais curtidas no canal do projeto no Youtube será premiado com o valor de 300 reais e exibido na abertura da Mostra Principal [Em]curtas em Setembro. Os filmes selecionados para a Mostra Maio [em]casa são exibidos no Canal (Em)curtas e a playlist com os filmes aprovados ficará disponível para a votação no Canal até 05 de junho.

Mini Doc produzido na periferia do DF

Divulgação

O curta possui pouco mais de 5 minutos de duração e tem como personagem principal Cristiane de Oliveira, profissional que atua na linha de frente do COVID. Em meio ao caos que vive, Cristiane comenta o impacto da doença, compartilhando sua rotina de trabalho em um hospital e seus cuidados diário para não contrair o vírus.

A rotina e a vivência de Cristiane, como responsável de lavanderia do hospital, chamou a atenção dos cineastas Douglas Queiroz, Gabriel Ferreira e Nathálya Brum, que se conheceram durante o curso de audiovisual do Instituído Federal de Brasília, campus Recanto das Emas.

Fotos: Arquivos Pessoais

Os três cineastas queriam registrar a fala de alguém que vive na linha de frente do covid-19, mas que não está atendendo diretamente a população. Isso porque, muitas vezes, enxergamos somente os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem como funcionários da saúde e esquecemos outros profissionais como seguranças, brigadistas, auxiliares de lavanderia e auxiliares de serviços gerais.

As gravações foram realizadas no dia 27 de outubro de 2020.

O mini documentário participou do Festival do Recanto, em 2020, na categoria Mostra Cotidianos da Pandemia.

  • Para ajudar os estudantes a ganharem o prêmio é preciso assistir ao filme no Youtube e registrar o like.

LEIA MAIS

Deixe uma resposta