se descobrir e se encontrar

Querido diário,

Não sei quando me perdi de mim, talvez tenha procurado me adequar a todos os lugares e relacionamentos que tive sem permitir que minha personalidade aflorasse. Vou te contar o porquê dessa sensação agora, no auge dos meus vinte e cinco anos.

Leia mais
Anúncios

desabafo da madrugada

Querido diário, Eis que estava a pensar em como seria uma carta minha, aos setenta e cinco anos, para o meu eu de agora e me deparei com alguns aprendizados que não sei quais serão, mas imagino que sejam fortes. Percebi que provavelmente não terei meus pais comigo e que muitos colegas de hoje nem […]

Leia mais

dia da força e garra da mulher

Não é pela delicadeza, pela leveza no olhar e no comportamento. Não é por ser paciente, calma e serena. Não é por saber como cuidar de crianças, cuidar da casa e nem por saber como agradar cada pessoa a sua volta. Esse dia é especial por ser um marco na nossa história, uma lembrança de […]

Leia mais

amores ao sol, lucão

Não costumo escrever resenhas, muito menos de livros. Sempre achei difícil julgar uma obra. Mas quero dividir tudo o que se passa dentro de mim nesse mesmo instante em que fechei pela última vez Amores ao Sol, de Lucão.

Leia mais

sobre tua covardia e como não queremos homens melindrosos

De todos os problemas do mundo, a covardia era a que eu menos esperava de ti, o corajoso que venceu a minha persistência em te dar uma chance. Me senti como um prêmio que você coloca na estante depois de muito trabalho para conseguir conquista-lo, mesmo que essa nunca tenha sido sua intenção. Eu sei […]

Leia mais